Lewis Carroll: Alice no País das Maravilhas (1865)

[EM CONSTRUÇÃO]


Alice no País das Maravilhas é um livro infantojuvenil do escritor inglês Lewis Carroll, pseudônimo utilizado por Charles Lutwidge Dodgson (1832-1898). O livro foi publicado originalmente na Inglaterra (Reino Unido) em 4 de julho de 1865 pela editora Macmillan, com o título Alice's adventures in Wonderland (Aventuras de Alice no País das Maravilhas), frequentemente abreviado para Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas). 

No Brasil, a primeira tradução, feita por Monteiro Lobato, foi publicado em 1931 pela Companhia Editora Nacional. Entre as várias traduções e adaptações existentes no Brasil, foram utilizados os seguintes títulos: Alice no País das Maravilhas; Aventuras de Alice no País das Maravilhas; As aventuras de Alice no País das Maravilhas; Alice na Terra das Maravilhas; Alice no Paiz das Maravilhas.

Alice no País das Maravilhas possui uma sequência publicada em 1871 chamada Through the looking-glass and what Alice found there (Através do espelho e o que Alice encontrou por lá), normalmente lançado no Brasil como Alice no País do Espelho ou Alice através do espelho, entre outros títulos.

O livro conta a história de Alice, uma menina curiosa, que vê um apressado coelho branco em seu jardim. Impressionada por notar que o coelho estava com roupas e um relógio, além de falar, Alice o segue e acaba caindo na toca do coelho, que a leva para um lugar fantástico, povoado por animais falantes e outros seres amalucados, como o Dodô, a Lagarta, a Duquesa, o Gato de Cheshire (o Gato Risonho), o Chapeleiro Maluco, a Lebre de Março, o Grifo, a Tartaruga Fingida, a Rainha de Copas e seu exército de cartas de baralho, entre outros.

A história surgiu em 4 de julho de 1862, quando, durante uma passeio de barco, Charles Lutwidge Dodgson contou de improviso uma história para entreter as irmãs Liddell (Loriny Charlotte, Edith Mary e Alice Pleasance). Em 24 de novembro de 1864, Dodgson transcreveu a história para o papel para entregar para Alice uma versão manuscrita do conto oral. Para esse manuscrito ele deu o título de Alice's Adventures under ground (Aventuras de Alice debaixo da terra). Por influência de amigos, Dodgson resolveu publicar a história. Para isso, ele aumentou a história original (passando de 18 mil palavras para 35 mil) e alterando o título para Adventures's Alice in Wonderland. A primeira edição (de 2.000 exemplares) foi publicada em 4 de julho de 1865, mas logo removida das livrarias porque o ilustrador da obra, John Tenniel, não aprovou a qualidade da impressão. A segunda edição, impressa em dezembro de 1865, logo se esgotou.

O livro possui doze capítulos: 1) Down the rabbit hole (Na toca do Coelho / A queda na toca do Coelho Branco / Descendo pela toca do Coelho); 2) The Pool of Tears (A Lagoa de Lágrimas); 3) The Caucus Race and A long tale (Uma corrida e uma história sem fim / Uma corrida de comitê e Uma história comprida / Uma corrida de comitê e uma longa história); 4) The Rabbit sends a Little Bill (A casa do Coelho / O Coelho dá um encargo a Bill / O Coelho envia o pequeno Bill); 5) Advice from a Caterpillar (Conselhos de uma Lagarta); 6) Pig and pepper (Porco e pimenta); 7) A Mad Tea Party (Um chazinho entre malucos / Um chá de loucos / Um chá maluco); 8) The Queen's croquet ground (Os jogos da rainha / O campo de croquet da Rainha); 9) The Mock Turtle's story (A Tartaruga Fingida / A história da Tartaruga Falsa); 10) The Lobster dance (A quadrilha da Lagosta); 11) Who stole the tarts? (Quem roubou as tortas?); 12) Alice's evidence (O testemunho de Alice / O depoimento de Alice).

Capas dos livros infantis de Monteiro Lobato na década de 1990 (Editora Brasiliense)

Capas dos livros infantis de Monteiro Lobato utilizadas pela editora Brasiliense nas edições publicadas entre 1990 e 2005. Todas as capas contém uma ilustração de Manoel Victor Filho (1927-1995), em layout criado por Jacob Levitinas. Série: Sítio do Picapau Amarelo, com os famosos personagens Narizinho, Pedrinho, boneca Emília, Visconde de Sabugosa, Dona Benta, Tia Nastácia, Marquês de Rabicó, Burro Falante, entre outros. As ilustrações internas de todos os livros são de Manoel Victor Filho.

reinações de narizinho - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Reinações de Narizinho
viagem ao céu - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Viagem ao céu
o saci - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
O saci
caçadas de pedrinho - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Caçadas de Pedrinho
aventuras de hans staden - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Aventuras de Hans Staden
peter pan - monteiro lobato - j.m. barrie - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Peter Pan
história do mundo para crianças - monteiro lobato - v. m. hillyer - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
História do Mundo para crianças
emília no país da gramática - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Emília no País da Gramática
aritmética da emília - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Aritmética da Emília
geografia de dona benta - monteiro lobato - hendrik van loon - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Geografia de Dona Benta
história das invenções - monteiro lobato - hendrik van loon - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
História das invenções
dom quixote das crianças - monteiro lobato - miguel de cervantes - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Dom Quixote das crianças
memórias da emília - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Memórias da Emília
o poço do visconde - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
O poço do Visconde
serões de dona benta - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Serões de Dona Benta
histórias de tia nastácia - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Histórias de Tia Nastácia
o picapau amarelo - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
O Picapau Amarelo
o minotauro - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
a reforma da natureza - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
A reforma da natureza
A chave do tamanho
os doze trabalhos de hércules - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Os doze trabalhos de Hércules - Volume 1
os doze trabalhos de hércules - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Os doze trabalhos de Hércules - Volume 2
fábulas - monteiro lobato - jean de la fontaine - esopo - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Fábulas
histórias diversas - monteiro lobato - editora brasiliense - sítio do picapau amarelo - manoel victor filho - jacob levitinas - década de 1990 - década de 2000 - capa de livro - bookcover
Histórias diversas

Coleção Folha: Histórias de Reis, Príncipes e Princesas (Folha de S. Paulo)

[EM CONSTRUÇÃO)


Entre 5 de fevereiro e 16 de julho de 2017, o jornal Folha de S. Paulo lançou nas bancas de jornais 25 volumes de contos de fadas numa coleção de livros chamada COLEÇÃO FOLHA: HISTÓRIAS DE REIS, PRÍNCIPES E PRINCESAS, direcionada para crianças de 3 a 6 anos. Cada volume possui 28 páginas com ilustrações coloridas e capa dura. Os textos são adaptações feitas por 6 autores convidados (Angela Müller de Toledo, Laiz B. de Carvalho, Rosane Pamplona, Silvia Oberg, Stela Maris Fazio Battaglia e Susana Ventura), pesquisadores experientes da área de literatura infantil, apresentadas em livros ilustrados por 8 artistas reconhecidos nacionalmente (Adilson Farias, André Rocca, Cris Eich, Mateus Rios, Sidney Meireles, Taline Schubach, Tel Coelho e Weberson Santiago). 

"Reis em busca da justiça, príncipes que enfrentam provas terríveis, princesas encantadas, jovens considerados bobos que revelam coragem, bondade e perspicácia para solucionar desafios, fadas, bruxas, florestas misteriosas, castelos, animais com estranhos poderes, objetos mágicos... Tramas e personagens como estas fazem parte de contos que se popularizaram como clássicos infantis e que habitam o imaginário de crianças, jovens e adultos no mundo todo há séculos. Transmitidas de pais para filhos, estas narrativas proporcionam trocas de experiências entre adultos e crianças, permitindo o diálogo entre as gerações." (fonte: site da coleção)

Nota: Todas as sinopses disponíveis abaixo foram extraídas do site da coleção http://principeseprincesas.folha.com.br/, visitado em maio de 2017. 

Fernando Lalana: O segredo do bosque (1982)

O segredo do bosque é um livro infantil do escritor espanhol Fernando Lalana [CAPAS], publicado originalmente na Espanha em outubro de 1982 com o título El secreto de la arboleda. No Brasil, ele foi publicado em 1997 pela editora Paulinas na Coleção Maria Fumaça [CAPAS] - Série Carvão (ISBN: 85-7311-599-8), em tradução de Neri Emilio Stein, com reedição em 1999 e 2001. A capa e as ilustrações internas foram criadas por Daisy Startari.

Sinopse: Pobre Ernesto. Quando viu quatro notas vermelhas em seu boletim, parecia que o céu ia despencar sobre sua cabeça e que a terra ia se abrir sob seus pés e engoli-lo. Diante desta situação, podia advinhar qual seria a reação de seu pai, e conseqüentemente suas férias iam para o espaço. Porém, algo muito estranho, fantástico, espantoso e admirável estava para acontecer. E com Mariluci - a sabichona da sua classe-, Margarida, a colisão dos ônibus, os representantes dos Reis Magos, Carlota e, sobretudo, Rufina, aquelas seriam umas férias inesquecíveis para Ernesto.(fonte: contracapa)

Tânia Alexandre Martinelli: Violeta (1998)

Violeta é um livro infantil da escritora brasileira Tânia Alexandre Martinelli, publicado originalmente no Brasil em 1998, pela editora Paulinas na coleção Maria Fumaça - Série Locomotiva (ISBN: 85-7311-925-X). O livro não foi reeditado e atualmente encontra-se esgotado. A capa e ilustrações internas foram criadas por Ricardo Azevedo.

O livro traz a história de um garotinho que é apaixonado por animais. Em sua casa existe vários bichinhos, mas o garoto insiste em adotar mais um cachorro. A trama da história se concentra na discussão entre filho e mãe. Desesperado, o garoto tenta convencer a mãe a deixá-lo adotar mais um cachorro. [fonte: site Jornal Todo Dia] 










José Antonio Panero: Danko, o cavalo que conhecia as estrelas (1988)

Danko, o cavalo que conhecia as estrelas é um livro infantil do escritor espanhol José Antonio Panero [CAPAS], publicado originalmente na Espanha em 1988 com o título Danko, el caballo que conocía las estrelas. No Brasil, ele foi publicado em 1993 pela editora Paulinas na Coleção Maria Fumaça [CAPAS] - Série Carvão (ISBN: 85-7311-424-X), em tradução de Sérgio Raupp, com reedição em 1998. A capa e as ilustrações internas foram criadas por Soares.

Sinopse: Danko, o lindo cavalinho de Lucas, é capaz de guiar-se pelas estrelas e tem mais força que quatro cavalos juntos. Consegue entender a linguagem dos homens, ainda que obedeça somente a seu dono. Mas tantas virtudes acabam trazendo problemas ao potro e ao pequeno Lucas, pois a fama de Danko chega aos ouvidos de homens ambiciosos, como o comerciante Bernardo, aí... (fonte: contracapa)


Serena Valentino: série Vilões Disney (A mais bela de todas / A fera em mim / Úrsula)

serena valentino escritora americanaEm agosto de 2009 era publicado nos Estados Unidos pela editora Disney Press, um selo da Disney Publishing Worldwide, um livro que contava a origem da Rainha Má do clássico Branca de Neve e os sete anões. Com o título de Fairest of all: A tale of the Wicked Queen, escrito por Serena Valentino, o livro seria o primeiro de uma série, destinada ao público juvenil, cuja pretensão é contar as origens e motivações dos vilões Disney. E nada mais minimalista do que chamar a série de Villains (Vilões). Por se tratar de um produto publicado pela Disney, todas as histórias dos livros da série são baseados nas personalidades dos personagens dos filmes, e não nos contos originais nos quais os filmes foram baseados. 

A escritora da série, a americana Serena Valentino (nascida em 6 de abril de 1970), é conhecida por escrever o texto de duas séries de histórias em quadrinhos americanas: Gloomcookie (desenhada por Vincent Batignole) e Nightmares & Fairy Tales (desenhada por Camilla D'Errico), que trazem grandes protagonistas femininas em histórias de terror. 


Pedro Bandeira: A droga da amizade (2014)

[EM CONSTRUÇÃO]

Pedro Bandeira: Droga de americana! (1999)

[EM CONSTRUÇÃO]

Pedro Bandeira: A droga do amor (1994)

[EM CONSTRUÇÃO]